Publicado em Desejados, Leitura, Literatura, Literatura brasileira, Literatura estrangeira, Literatura juvenil, Livros, Metas, Sinopse

Retomando os trabalhos

Bem-vindo 2017!

E aqui estou eu de volta, retomando meus registros no blog. Não que eu tenha parado minhas leituras ou deixado meu universo dos livros de lado nesses últimos meses, mas meu trabalho na escola no final de ano foi realmente intenso e não tive como nem pensar em postar alguma coisinha que fosse, tamanho foi o meu cansaço. Agora, depois de alguns dias de férias, sinto-me mais relaxada para organizar minhas ideias e, consequentemente, fazer novas postagens. Estou até animadinha, viu?! 😀

Como estamos em início de ano, época em que traçamos metas e nos propomos desafios, hoje vou de “os primeiros livros desejados de 2017”.

listinha

1. O céu é logo ali, de Lilian Farias – Editora Literata.

O céu é logo ali

Sinopse: O céu é logo ali se desenvolve em um turbilhão de sentimentos, em facetas representadas por duas personagens e o que as cercam, com desejos, sonhos, lembranças, descobertas e inquietações marcando um encontro em que histórias paralelas se unem pelo mesmo ideal- liberdade! Mas, o que é a liberdade? O que aprisionava Dolores e Clarice para que o encontro pudesse salvar suas almas encarceradas? Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. A história de duas mulheres que unidas pelo destino resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do ser , do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o voo das borboletas.

2. O tempo das borboletas, de Andrea Portes – Editora HapperCollins.

O Tempo das Borboletas

Sinopse: Willa Parker, a menos popular dos 646 moradores da cidade de What Cheer, Iowa, está prestes a mudar de vida. Ela escolheu esta mudança? Não, afinal isso seria fácil demais — e nada para Willa é fácil. Veio de sua mãe (ausente) superfamosa e genial a ideia de mandar a filha para o caro e exclusivo colégio interno Prembroke, e é só pelo sobrenome que ela consegue uma vaga por lá. Mas Willa não faz questão nenhuma de encontrar seu lugar em Prembroke. Já está decidida a não ficar muito tempo, de qualquer maneira. Está prestes a tomar uma decisão drástica, mas quando conhece a exótica e intoxicantemente estilosa Remy Taft, a garota mais rica e mais misteriosa do campus, Willa começa a desejar, de alguma forma, se encaixar naquele estranho mundo. Quando Willa olha para a amiga, vê alguém que tem tudo que poderia desejar, mas esse privilégio tem um preço. Quando as loucuras de Remy começam a sair do controle, Willa percebe que, em um piscar de olhos, pode perder tudo que lhe deu forças para continuar. Em uma história tocante sobre amizade, vícios e recomeços, Andrea Portes criou um romance inesquecível, capaz de retratar as alegrias efêmeras e as profundas dores de amar alguém que deseja, mais que tudo, voar.

3. Confissões de um amigo imaginário, de Michelle Cuevas – Editora Galera Jovem.

Confissões de Um Amigo Imaginário

Sinopse: Uma imperdível aventura de alguém que descobre existir apenas na imaginação de uma garotinha. Um livro para todos aqueles que, um dia, já se sentiram à margem, deixados de lado… invisíveis Jacques tem uma leve suspeita de que ninguém gosta dele. Professores o ignoram solenemente quando levanta a mão e até mesmo seus pais precisam ser lembrados de colocar um lugar à mesa para ele! Graças a Deus por Fleur, a irmã e companheira constante. Mas então Jacques descobre uma verdade devastadora: ele não é o irmão de Fleur; é seu amigo imaginário! E aí começa uma tocante e divertida busca por seu eu verdadeiro. Uma imperdível jornada em busca do significado da vida leva Jacques de encontro às mais peculiares crianças, imaginárias e reais, e o faz descobrir a incrível e invisível maravilha de ser quem se é.

4. Sing – uma canção sobre o amor, de Vivi Greene – Editora HapperCollins.

Sing

Sinopse: A cantora premiada e ícone do pop Lily Ross apresenta seus maiores hits e piores foras (porque para ela são sinônimos):
1. Agonia (O que sentiu quando o ex partiu seu coração em pedacinhos e ela nem sabia o que estava acontecendo.)
2. Fantasmas (Porque até pessoas famosas sofrem com namorados que simplesmente desaparecem. E é horrível da mesma forma.)
3. Gato Escaldado (Do ditado: “tem medo de água fria”. Ou seja, ela nunca mais vai sair com um ator ou músico na vida.)
Mas este verão será diferente. Depois de ter seu coração partido mais uma vez, Lily precisa se afastar dos holofotes, e uma viagem com as melhores amigas parece perfeita. Três meses em uma ilhota perdida no litoral do Maine, com foco total em si mesma, sua música, seu novo disco… Tudo menos garotos. Isto é, até que Lily conhece Noel Bradley, um cara doce, simples e completamente diferente de todos os homens com quem ela já saiu. De repente, o “verão da Lily” dá um giro de cento e oitenta graus, e ela se vê envolvida em uma paixão de verão arrebatadora e inesquecível. O problema é que Noel não está interessado na vida de celebridade, e embora Lily o ame, ela também ama sua música, sua vida e seus fãs. Mais cedo ou mais tarde, ela vai ter que escolher…

5. A esperança é uma torta de maçã, de Sarah Moore Fitzgerald – Editora Galera Júnior

A esperança é uma Torta de Maçã

Sinopse: Um romance delicado sobre pertencimento, primeiros amores e bullying Oscar é o melhor amigo e vizinho de porta de Meg. Ele tem o incrível dom de consertar qualquer problema assando tortas de maçã perfeitas. Mas nem suas renomadas tortas conseguem aplacar a tristeza de seu pai, ainda de luto pela morte da esposa. Quando Meg recebe a notícia de que irá se mudar para a Nova Zelândia por seis meses, ela fica devastada com a ideia de ficar tanto tempo longe do amigo. Para piorar tudo, a casa de Meg é alugada pela família da terrível Paloma Killealy, que inventa todo tipo de mentiras sobre o garoto na escola. De repente, Oscar desaparece. Sua bicicleta e suas roupas são encontradas no litoral, e todos acreditam que o pior aconteceu e ele cometeu suicídio. Com a ajuda do irmãozinho de Oscar, Meg decide investigar o paradeiro dele, e por mais difícil que seja, nunca abrir mão da esperança.

6. A livraria dos finais felizes, de Katarina Bivald – Editora Suma de Letras.

A Livraria dos Finais Felizes

Sinopse: Sara tem 28 anos e nunca saiu da Suécia — a não ser através dos (vários) livros que lê. Quando sua amiga Amy, uma senhora com quem troca livros pelo correio há anos, a convida para visitá-la na cidade de Broken Wheel, Iowa, Sara decide se aventurar. Mas ao chegar lá, descobre que Amy faleceu. Sara se vê desacompanhada na casa da amiga, em uma cidade muito pequena, e começa a pensar que talvez esse não seja o tipo de férias que havia planejado.Com o tempo, Sara descobre que não está sozinha. Nessa cidade isolada e antiga, estão todas as pessoas que ela conheceu através das cartas da amiga: o pobre George, a destemida Grace, a certinha Caroline e Tom, o amado sobrinho de Amy. Logo Sara percebe que Broken Wheel precisa desesperadamente de alguma aventura, um pouquinho de autoajuda e talvez uma pitada de romance. Resumindo: a cidade precisa de uma livraria.

7. O encantador de livros, de Lucas de Souza – Editora Ler Editorial.

O Encantador de Livros

Sinopse: Aventure-se na Cidade dos Livros ― um lugar mágico, onde a leitura é mais que uma paixão, os moradores são leitores insaciáveis e as árvores são recheadas de frutos e livros. Conheça o Encantador de Livros, um contador de histórias capaz de fazer os livros voarem, e Benjamim, um menino analfabeto que, juntamente com seus amigos, terá que salvar a cidade de uma terrível ameaça.
Um romance infanto-juvenil que desperta a consciência para a importância da leitura e as ações transformadoras que ela pode gerar.

8. Cabeças de ferro (Volume 1), de Carol Sabar – Editora Jangada.

Cabeças de Ferro

Sinopse: Nem em seus piores pesadelos, Malu imaginava que sua vida universitária começaria tão tumultuada!
Ela acaba de ser aprovada no concorridíssimo vestibular da “Universidade dos Cabeças de Ferro”, e agora, com o apoio de Nicolas – que sonha ser muito mais que seu amigo –, prepara-se para encarar o temido trote da Engenharia.
O veterano designado para aplicar o trote em Malu é ninguém menos que Artur Cantisani, o seu sexy arqui-inimigo, responsável pela humilhação que ela sofreu aos 11 anos de idade, na frente de toda a escola.
Inesperadamente, porém, quando o trote começa, Artur despeja a gosma não em Malu, mas em outra caloura, que sofre um choque anafilático! Veteranos e calouros fogem, deixando Malu, Artur e Nicolas sozinhos na “cena do crime”.
Mas por que a gosma despejada na caloura era a única de cor diferente? E por que todas as outras garrafas com gosma desapareceram sem deixar rastro? Alguém estaria tentando ocultar provas? Os estudantes da Engenharia estariam na mira de um assassino?
Envolvidos até o pescoço, Malu e Artur, apesar de se odiarem, não têm outra saída a não ser unir seus cérebros brilhantes para desvendar o que há por trás de tanto mistério.

9. Novembro, 9, de Colleen Hoover – Editora Galera Record.

Novembro, 9

Sinopse: Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável.
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

10. Novamente você, de Juliana Parrini – Editora Suma de Letras.

Novamente Você

Sinopse: Maria Rita foi embora para nunca mais voltar. Deixou para trás o marido, os pais, as irmãs e uma vida de pobreza em uma cidade pequena da qual sempre quis sair. Doze anos depois, ela volta como partiu: sem maiores explicações. Mas agora Maria Rita é a sofisticada Miah, acostumada ao glamour e à vida superficial de Hollywood. Ao chegar, ela se dá conta de que não foi a única que mudou: seu ex-marido, Leonardo Júnior, agora é um homem bem-sucedido, diferente do caiçara com quem ela se casou ainda muito jovem. Empresário de sucesso, Léo parece ter superado o trauma de ser abandonado pelo grande amor de sua vida, até que reencontra a mulher que pensou que nunca mais veria. Apesar da mágoa, ele não consegue deixar de ter vislumbres de sua Maria Rita sob a pele da arrogante Miah. E resistir à antiga paixão será o maior desafio que já enfrentou.

Uauuu! Está de bom tamanho essa listinha de hoje, certa de que em breve terei todos eles em minhas mãos. rsrsrs

Abraços…

Assinatura blog.fw

Anúncios
Publicado em Desejados, Leitura, Literatura, Livros, Metas

Desejados do mês de Agosto

Leitores do ❤ ,

Estamos começando mais um mês… Setembro, o mês da primavera, estação das flores e da volta dos dias quentes, alguns chuvosos, bom para leitura de muitos livros, não é mesmo? Pois bem, mesmo sem ter adquirido um livro sequer da minha lista de desejados de Julho (a grana está curta), estou aqui com a minha listinha dos garimpados no mês de Agosto.

Resultado de imagem para lista

Vamos ver o que temos para hoje…

1. Achados e perdidos, de Brook Davis – Editora Record

Achados & Perdidos

Sinopse: Millie Bird é uma garotinha de apenas 7 anos que já sabe muita coisa. Ela já descobriu que todos nós um dia vamos morrer. Em seu Livro das Coisas Mortas, ela registra tudo o que não existe mais. No número 28 ela escreveu “Meu Pai”. Millie descobriu também, da pior forma possível, que um dia as pessoas simplesmente vão embora, pois a mãe dela, abalada com a morte do marido, a abandona numa grande loja de departamentos. Ela só não está triste porque conheceu Karl, o Digitador, um senhor de 87 anos que costumava digitar com os próprios dedos frases românticas na pele macia de sua mulher. Mas, agora que ela se foi, ele digita as palavras no ar enquanto fala. Ele foi colocado pelo filho em uma casa de repouso, porém, em um momento de clareza e êxtase, ele escapa, tornando-se então um fugitivo. Agatha Pantha é uma senhora de 82 anos que mora na casa em frente à de Millie e que não sai mais, nem conversa com ninguém, há sete anos. Desde que o marido morreu, ela passou a viver num mundinho só dela. Agatha preenche o silêncio gritando, pela janela, com as pessoas que passam na rua, assistindo à estática na televisão e anotando em seu diário tudo o que faz. Mas, quando descobre que a mãe de Millie desapareceu, ela decide que vai ajudar a menina a encontrá-la. Então, a adorável garotinha, o velhinho aventureiro e a senhorinha rabugenta partem em uma busca repleta de confusões e ensinamentos, que vai revelar muito mais do que eles imaginam encontrar.

2. Você lembra de mim?, de Megan Maxwell – Editora Essência.

Você Se Lembra de Mim?

Sinopse: Alana é uma mulher independente que não acredita no amor e tem na profissão sua única razão de viver. Jornalista freelancer, é enviada a Nova York para escrever uma reportagem sobre a metrópole, onde conhece o atraente Joel Parker. Quando ela descobre que aquele homem bonito e sedutor que tem lhe feito companhia nos últimos dias é um militar, como seu pai uma lembrança que ainda a assombra , a jornalista desaparece sem deixar vestígios. Apesar de resoluta em sua vontade de se afastar do capitão da Marinha americana para não repetir a história de sofrimento de sua mãe, ela não conseguirá aplacar o desejo de seu coração por Parker. Quem vencerá essa disputa entre razão e emoção? O passado de sua mãe irá assombrá-la ainda mais ou irá ajudá-la a esclarecer muitas questões mal resolvidas?

3. Sr. Daniels, de Brittainy C. Cherry – Editora Record.

Sr. Daniels

Sinopse: Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

4. Nada mais a perder, de Jojo Moyes – Editora Intrínseca.

Nada mais a perder

Sinopse: Na juventude, Henri Lachapelle foi um cavaleiro de raro talento, entre os poucos admitidos na academia de elite do hipismo francês, o Le Cadre Noir. Contudo, reviravoltas da vida o levaram da França a Londres, onde ele agora vive em um simples conjunto habitacional. Sem nunca abandonar o amor pela antiga carreira, aos trancos e barrancos Henri ensina a neta, Sarah, a montar o cavalo Boo, na esperança de que o talento da dupla seja o passaporte para uma vida melhor e mais digna para todos. Mas um grande golpe muda mais uma vez os planos de Henri Lachapelle, e Sarah se vê entregue à própria sorte, lutando para, além de sobreviver, cuidar de Boo e manter os treinamentos.
Natasha é uma advogada especializada em representar crianças e adolescentes envolvidos com crimes ou em situação de risco. Abalada emocionalmente e em dúvidas quanto a seu futuro profissional depois de um caso terrível, Natasha ainda tem de lidar com as feridas do fim de seu casamento. Um fim, diga-se de passagem, bem inusitado, já que ela se vê forçada a morar com o charmoso futuro ex-marido enquanto esperam a venda da casa da família.
Quando Sarah cruza o caminho de Natasha, a advogada vê na menina a oportunidade de colocar a vida de volta nos trilhos e decide abrigar a adolescente sob o próprio teto. O que ela não sabe é que Sarah guarda um grande segredo que lhes trará sérias consequências.

5. Raio de sol, de Kim Holden – Editora Planeta.

Raio de Sol

Sinopse: Segredos.
Todo mundo tem um.
Alguns são maiores que os outros.
Alguns, quando revelados,
Podem curar você…
E outros podem acabar com você.
Faça épico, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.
E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.

6. 21 dias nos confins do mundo, de Henry Jenné – Editora Novo Século.

21 Dias Nos Confins do Mundo

Sinopse: O extremo sul da América sempre surpreendeu milhares de pessoas ao redor de todo o mundo por seus encantos e magia. Berço de um dos povos mais lindos e místicos que viveu isolado do mundo por milhares de anos e aprendeu ao longo dos séculos a cultuar e a amar a Natureza no seu mais precioso sentido. Extraíam dela não apenas a sua subsistência, mas também a preciosa sabedoria que os permitia se conectar com a grandeza divina e as forças que regem o Universo. Ao percorrer os Caminhos Sagrados da Terra do Fogo, o viajante é conduzido a lugares mágicos e personagens marcantes, que compartilham histórias preciosas sobre os povos ancestrais da Terra do Fogo e sua sabedoria milenar. Ao se lançar de corpo e alma no desconhecido, experimenta o verdadeiro potencial humano e depara-se com os segredos da alma, do universo e de si mesmo. 
Com um belo arranjo entre realidade e ficção, 21 Dias Nos Confins do Mundo costura fatos históricos e curiosos com a emocionante aventura que é se descobrir no mundo.

7. Procura-se um marido, de Carina Rissi – Editora Verus.

Procura-se Um Marido

Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império a não ser, é claro, que esteja devidamente casada.
Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel.
Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.
Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.

8. A rosa e o florete, de Mariana Pacheco – Editora Talentos Da Literatura Brasileira

A Rosa e o Florete
Sinopse: Entre duelos de espada e bailes de máscaras no suntuoso palácio de Versalhes e os gritos rebeldes e novos ideais de Paris, Guilhermina D’anjour irá moldar sua juventude como comandante da guarda real, uma herança de família que a tornará uma contradição entre as mulheres da corte a que deveria pertencer.
O povo se arma, e, entre os preparativos da revolução, ela se descobre mais longe da monarquia do que pensava. Acende, nos soldados da guarda, a chama dos ideais inspirados em Rousseau e desafia o governo, mas, além das lutas que trava com seu florete, terá que lutar com seu coração, que também foi incendiado por um amor que deve confundir seus sentimentos e desafiar seu comando tão firme.
Entre um governo irresponsável e um povo saturado, entre Versalhes e Paris, entre os sonhos e a realidade, a ordem e a revolução, Guilhermina sempre esteve entre dois mundos.

É sincero o desejo de que tenhamos todos um mês de Setembro bem bacana e recheado de ótimas leituras!

Que floresçam livros em nossos jardins! 😀

Resultado de imagem para jardim de livros

Beijocas!

Assinatura blog.fw

Publicado em Leitura, Literatura estrangeira, Livros, Metas, Presentes, Sinopse, Sorteio

Livro: Os pescadores, de Chigozie Obioma

Leitores amadinhos,

Esses dias tive a grata surpresa de ganhar um livro naqueles sorteios do Skoob. Como nunca sou contemplada nessas promoções, ri até o canto das orelhas, é claro! 😀 E o bonitinho, inclusive, já está em minhas mãos. Olhem só:

Os pescadores

Sinopse: Os irmãos Ikenna, Boja, Obembe e Benjamin vivem com seus pais na cidade de Akure, na Nigéria. Quando o Banco Central transfere o pai, James Agwu, para Yola, ele decide se mudar sozinho por considerar a região perigosa. Os meninos, acostumados à disciplina rígida, experimentam uma liberdade até então desconhecida. Desafiando os limites, eles vão pescar em um rio considerado amaldiçoado e essa travessura mudará completamente os rumos de suas vidas.

Com seu romance de estreia, Chigozie Obioma foi um dos finalistas do Man Booker Prize, um dos mais importantes prêmios literários internacionais, e é considerado umas das vozes mais interessantes da literatura africana contemporânea pelo The New Tork Times e pelo Guardian. Os pescadores conquista os leitores ao misturar habilmente a história da família Agwu e as reviravoltas pelas quais a Nigéria passou durante a década de 1990.

Enquanto um pai rigoroso planeja um futuro promissor para os filhos e exige que estudem para se tornar piloto, médico, advogado e professor, os nigerianos acreditavam que as eleições de 1993 seriam o início de um governo democrático que modernizaria o país. Uma profecia interferiu nos planos de James Agwu para seus filhos. E os militares retomaram o controle da Nigéria meses depois das eleições.

Um dia, voltando do rio, os meninos encontram Abulu, um louco conhecido por profetizar desgraças. Ele prevê que Ikenna será morto por um pescador. O primogênito conclui que será morto por um de seus irmãos e, aos poucos, se torna uma pessoa sombria. A história evoca os mitos, nos quais os personagens mesmo sabendo de seu destino trágico, não conseguem evitá-lo. Ao se afastar de sua família, Ikenna caminha, sem perceber, em direção ao sofrimento.

Narrado pelo quarto irmão, Benjamin, Os pescadores é uma história cativante sobre a perda da inocência, o amor fraterno e sobre como determinadas tragédias não podem ser evitadas.

Agora, só me resta lê-lo. 😀 Assim, depois eu conto se curti essa viagem.

Abração em todos!

Assinatura blog.fw

Publicado em Desejados, Leitura, Literatura, Livros, Metas

Desejados do mês de Julho

IlloImages/BookshopLgFull.jpg

Meus queridinhos leitores,

Resolvi fechar Julho com um post de desejados do mês. Mas, meu povo, é muito livro que eu adoraria ter, viu?! Os que listo aqui correspondem somente a uma gotinha d’água no oceano. rsrsrsrsrs Ai.. ai… 🙂

Então vamos lá!

1. Nas asas do amor, de Sarah Sundin – Editora Quinta Essência.

Nas Asas do Amor

Sinopse: Allie nunca foi suficientemente bonita para agradar à sua deslumbrante mãe, por isso fará qualquer coisa para ter a sua aprovação: até casar com um homem que não ama. Enquanto Allie quase se resigna ao seu destino, o tenente Walter Novak – destemido na cabina de pilotagem, mas sem jeito para as mulheres – vai a casa na sua última licença antes de ser enviado para a Europa, combater pela Royal Air Force durante a Segunda Guerra Mundial. Walt e Allie conhecem-se e o seu amor pela música junta-os, fazendo-os começar uma correspondência que mudará as suas vidas. Enquanto as cartas vão e vêm entre a base de bombardeiros de Walt, em Inglaterra, e a mansão de Allie, a amizade que cresce entre os dois une-os. Mas serão eles capazes de resolver os segredos, compromissos e expetativas que os separaram?

2. O ano em que te conheci, de Cecelia Ahern – Editora Novo Conceito .

O Ano em que Te Conheci

Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente.Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.

3. As épicas aventuras de Lydia Bennet, de Kate Rorick – Editora Verus.

As Épicas Aventuras de Lydia Bennet

Sinopse: Continuação de O diário secreto de Lizzie Bennet, a adaptação moderna de Orgulho e preconceito Baseado na premiada série de web The Lizzie Bennet Diaries — uma adaptação moderna e transmídia de Orgulho e preconceito —, este livro é estrelado por Lydia, a espevitada irmã de Lizzie, conforme ela encara as alegrias e os tropeços no caminho de se tornar adulta na era digital. Antes de Lizzie começar seu popular vlog, Lydia era apenas uma garota normal tramando maneiras de matar aula e criar a identidade falsa perfeita para entrar nas baladas. Talvez ela não tivesse muito foco, mas amava sua família e se divertia para valer. Até que o vlog de Lizzie transformou as irmãs Bennet em sensações da internet, e Lydia adorou virar o centro das atenções, conforme as pessoas assistiam, debatiam, postavam no Twitter, no Tumblr e em blogs sobre a vida dela. Mas então Lydia aprendeu que nem toda atenção é positiva… Depois que seu ex-namorado, George Wickham, aproveitou a fama recém¬adquirida de Lydia, traiu sua confiança e destruiu sua reputação, ela não é mais uma garota ingênua e despreocupada. Agora, Lydia terá de batalhar para reconquistar a confiança e o respeito de sua família e encontrar seu lugar no mundo. Narrado na voz inconfundível e cativante de Lydia, este livro começa exatamente no ponto em que O diário secreto de Lizzie Bennet parou e oferece uma nova abordagem a Orgulho e preconceito. Apresentando reviravoltas originais, novos personagens incríveis e textos hilariantes, As épicas aventuras de Lydia Bennet leva o leitor para dentro da vida de nossas irmãs favoritas, de um jeito que certamente vai agradar quem já é fã da série — e de Jane Austen de modo geral — e encantar novos leitores.

4. Antes de partr, de Collen Oakley – Editora Bertrand do Brasil.

Antes De Partir

Sinopse: Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

5. A probabilidade estatística do amor à primeira vista, de Jennifer E. Smith – Editora Galera Record.

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista

Sinospe: Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

6. O navio das noivas, de Jojo Moyes – Editora Intrínseca.

O navio das noivas

Sinopse: Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito. Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas. Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi planejado.
Com personagens únicas e uma narrativa tocante, Jojo Moyes conta uma história inesquecível que captura perfeitamente o espírito romântico e de aventura desse período da História, destacando a bravura de inúmeras mulheres que arriscaram tudo em busca de um sonho.

7. Desde o primeiro instante, de Mhairi Mcfarlane – Editora Novo Conceito.

Desde O Primeiro Instante

Sinopse: Rachel acabou de romper um noivado e está decidindo o que vai fazer da vida. Quando ela se encontra casualmente com Ben, um amigo dos tempos da faculdade, seu coração balança. Na época não rolou, mas agora ele parece tão mais interessante…
O problema é que Ben está casado, “fora do mercado”, como se costuma dizer. Ok, hora de partir para outra. Rachel não é nenhuma mocinha ingênua, dessas que se deixam levar pela emoção. O fato de Ben ser lindo, educado, engraçado, nobre e fiel não é suficiente para tirar Rachel do seu eixo. Claro que não.Na verdade, ele é O Companheiro Perfeito. Pena que seja tão fiel! Apaixonar-se pelo melhor amigo é o sentimento mais gostoso do mundo, mas também é assustador.

8. Sem olhar para trás, de Lycia Barros – Editora Valentina.

Sem Olhar para Trás

Sinopse: O novo romance da escritora Lycia Barros narra um drama super comum da sociedade ao longo dos séculos. Um mal que acomete, principalmente, as mulheres. Afinal, quando coagidas, agimos de forma equivocada e facilmente somos influenciadas por nossos medos. No entanto, muitas vezes o sofrimento é o melhor remédio para acordar o espírito. E sempre há tempo para refazermos a nossa trajetória, onde algo surpreendente pode estar nos esperando no fim da linha. Esse é o foco da história de Agatha: é preciso força para recomeçar. As cicatrizes ficam, mas a força de reação é maior.

Sabem de uma coisa? Acho que poderia chover livros no meu quintal… 🙂 Só acho. kkkkkk

Uma beijoca para cada um de vocês!

Assinatura blog.fw

Publicado em Desejados, Leitura, Literatura, Livros, Metas, Sinopse

Mais livros desejados…

Meus estimados leitores,

Depois de um dia de descanso, preguicinha e um bocado de frio, estou passando por aqui para fazer um post que há um tempo não faço: livros que entraram para a lista de desejados.

Então, os escolhidos da vez são:

1. A vida invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha – Editora Cia das Letras.

A Vida Invisível De Eurídice Gusmão

Sinopse: Guida Gus mão desaparece da casa dos pais sem deixar notícias, enquanto sua irmã Eurídice se torna uma dona de casa exemplar. Mas nenhuma das duas parece muito feliz nas suas escolhas.A realidade das Gusmão é parecida com a de inúmeras mulheres nascidas no Rio de Janeiro nos anos 1920 e criadas para serem boas esposas. São as nossas mães, avós, bisavós; invisíveis em maior ou menor grau, que não puderam protagonizar as próprias vidas, mas que agora são as personagens principais do primeiro romance de Martha Batalha. Uma promessa da ficção brasileira que chega afiadíssima para contar uma infinidade de histórias bem costuradas e impossíveis de largar.

2.  A outra história, de Tatiana de Rosnay – Editora Intrínseca.

A outra história

Sinopse: Ágil, repleto de camadas e belamente escrito, A outra história é uma reflexão sobre identidade, o processo de ser escritor e a glória e o preço da fama, um retrato de como as decisões de antigas gerações ecoam no presente e moldam o futuro. Aos vinte e quatro anos, Nicolas Duhamel se depara com um segredo de família perturbador mantido a sete chaves por muitos anos. Perplexo, embarca para São Petersburgo em uma jornada em busca da verdade. Porém, as respostas não surgirão tão facilmente. Os mistérios de sua origem familiar o levam a escrever seu primeiro romance, O envelope, e a assiná-lo como Nicolas Kolt. Após três anos do inesperado e estrondoso sucesso mundial do livro, Nicolas é um escritor vaidoso, com muitos fãs, um autor obcecado pela fama e pelas redes sociais a ponto de deixar de lado a família e os amigos. Tanta aclamação, no entanto, tem seu preço, e todos perguntam sobre o novo livro. Mas Nicolas não é capaz de escrever sequer uma linha e não suporta mais mentir. Desejando se afastar de tudo para encontrar uma nova inspiração, ele viaja para a Itália com sua namorada Malvina e se hospeda em um luxuoso hotel na costa da Toscana. Durante o fim de semana em que espera paz e tranquilidade para compor a outra história, Nicolas Kolt se vê diante de perigos e segredos que podem colocar seu futuro em jogo.

3. Flores, de Afonso Cruz – Editora Companhia das Letras.

Flores

Sinopse: Um homem sofre muito com as notícias que lê nos jornais, com todas as tragédias humanas a que assiste. Um dia depara-se com o fato de não se lembrar do seu primeiro beijo, dos jogos de bola nas ruas da aldeia ou de ver uma mulher nua. Outro homem, seu vizinho, passa bem com as desgraças do mundo, mas perde a cabeça quando vê um chapéu pousado no lugar errado. Contudo, talvez por se lembrar bem da magia do primeiro beijo e constatar o quanto a sua vida se afastou dela , o homem decide ajudar o vizinho a recuperar todas as recordações perdidas. Em seu livro mais recente, o português Afonso Cruz apresenta uma bela reflexão sobre o amor e a memória.

4. Alucinadamente feliz, de Jenny Lawson – Editora Intrínseca.

Alucinadamente feliz

Sinopse: Jenny Lawson está longe de ser uma pessoa comum. Ela mesma se considera colecionadora de transtornos mentais, já que é uma depressiva altamente funcional com transtorno de ansiedade grave, depressão clínica moderada, distúrbio de automutilação brando, transtorno de personalidade esquiva e um ocasional transtorno de despersonalização, além de tricotilomania (que é a compulsão de arrancar os cabelos). Por essa perspectiva, sua vida pode parecer um fardo insustentável. Mas não é. Após receber a notícia da morte prematura de mais um amigo, Jenny decide não se deixar levar pela depressão e revidar com intensidade, lutando para ser alucinadamente feliz. Mesmo ciente de que às vezes pode acabar uma semana inteira sem energia para levantar da cama, ela resolve que criará para si o maior número possível de experiências hilárias e ridículas a fim de encontrar o caminho de volta à sanidade. É por meio das situações mais inusitadas que a autora consegue encarar seus transtornos de forma direta e franca, levando o leitor a refletir sobre como a sociedade lida com os distúrbios mentais e aqueles que sofrem deles, sem nunca perder o senso de humor. Jenny parte do princípio de que ninguém deveria ter vergonha de assumir uma crise de ansiedade, ninguém deveria menosprezar o sofrimento alheio por ele ser psicológico, e não físico. Ao contrário, é justamente por abraçar esse lado mais sombrio da vida que se torna possível experimentar, com igual intensidade, não só a dor, mas a alegria.

5. A amante do oficial, de Pam Jenoff – Editora Harper Collins Brasil

A Amante do Oficial

Sinopse: Aos dezenove anos e casada havia apenas três semanas, a vida e a fé de Emma Bau são colocadas em risco quando a Polônia é invadida pelos tanques alemães. Em poucos dias, Jacob, seu marido, é obrigado a cair na clandestinidade para trabalhar com a Resistência, deixando Emma prisioneira do decrépito e abandonado gueto de Cracóvia. Mas na calada da noite, ela é misteriosamente resgatada e levada para morar com Krysia, dama da alta sociedade e também a tia católica de Jacob. Ao assumir uma nova identidade como Anna Lipowski, uma gentílica, a vida de Emma passa por uma nova reviravolta ao ser apresentada ao comandante nazista Georg Richwalder. Oficial alemão e maior autoridade na cidade, Richwalder resolve contratar Anna para trabalhar como sua assistente particular. Impelida pela Resistência, ela não tem alternativa, e passa a espionar planos secretos da Ocupação de dentro do gabinete, colocando em risco sua segurança e também seu casamento. À medida que as atrocidades da Guerra se intensificam, a relação entre Anna e o Comandante se torna mais próxima, chegando ao ponto de ameaçar sua vida e também a de todas as pessoas a quem ela ama.
Tendo como cenário a Segunda Guerra, um período histórico em que lealdades eram testadas a todo o momento, e sobre as pessoas pairava a suspeita de traição, “A Amante do Oficial” se posiciona como um romance de estreia no qual Pam Jenoff leva às últimas consequências o poder da perseverança, da luta e da confiança em face de desafios que se tornam mais perigosos a cada piscar de olhos.

Aí estão os títulos que me chamaram a atenção em minhas pesquisas de hoje.

Pensando bem, preciso ganhar depressa na loteria. 😀 rsrsrsrsrs

Abração, people!

 

Assinatura blog.fw

Publicado em Desafio, Indicação, Leitura, Literatura, Livros, Metas, Opinião, Sinopse

7. Livro recomendado…

Queridos leitores,

Voltei para continuar o desafio do álbum de fotos literário. Hoje é sobre um livro que tenha sido recomendado. Por isso estou aproveitando a oportunidade para trazer meus comentários sobre uma obra que eu apontei aqui como meta de leitura, a qual me foi emprestada com muito carinho por uma prima amada.

Depois de ler Ligeiramente casados, aventurei-me pelas páginas de Ligeiramente maliciosos (veja a sinopse) de May Balogh.

Sinopse: Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.
Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.
Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.
Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?
Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.

Difícil dizer de qual das duas histórias eu gostei mais, viu?! Então, melhor mesmo nem tentar escolher uma preferida, pois cada uma tem seus encantos na medida certa. Até no nome empataram. Assim como falei sobre a primeira, achei abominável o título dado à história de amor entre Judith Law e Rannulf Bedwyn. Não acho que malícia é o termo apropriado para se referir ao que aconteceu entre os dois. Ou será que a malícia contida aí não seja deles? Afinal, havia muitos pensamentos com segundas intenções ( e não falo somente de sexo ) nas cabecinhas de algumas personagens, como, por exemplo, Julianne Effinghan, prima de Judith, e seu meio irmão Horace Effinghan.

Jude e Ralf apenas se apaixonaram à primeira vista, quando ele a socorreu após ela ter sofrido um acidente com a diligência em que viajava, e resolveram já de cara terem noites quentes e deliciosas de sexo. Tudo bem que para aquela época não era um comportamento adequado para uma donzela, mas… Tudo aconteceu assim porque Judith havia se apresentado como Claire Campbell. atriz de teatro, sonho que guardava consigo, em segredo, desde criança por ser uma profissão mal vista para mulheres, e Rannulf, que também não revelou sua identidade por completo, deixou aflorar o desejo que sentiu por ela e a coisa toda acabou acontecendo, de certa forma, fora de hora. Judith, consciente do que havia feito, resolve seguir seu destino que prometia não ser dos mais felizes, deixando Ralf para trás. Sem saber que seus caminhos se encontrariam novamente em circunstâncias não muito favoráveis, os dois foram adiante com suas vidas, resignados a cumprirem o que a eles foi pedido por suas famílias. Daí em diante nem preciso contar, não é mesmo? Só digo uma coisa: o amor é lindo! ❤ rsrsrsrs

Desafio nº 7 cumprido!

Livro(s) recomendado(s):

Abraços!

Assinatura blog.fw

Publicado em Desafio, Desejados, Fotos, Leitura, Literatura, Livros, Metas, Sinopse

Desafio: Álbum de Fotos Literário

Olá, leitores preciosos!

Nas minhas andanças pela net, encontrei, certa vez, o desafio “Álbum de fotos literário”.

Achei a proposta muito bacana, mas fiquei com ele parado na minha pasta um tempão, só agora resolvendo colocá-lo em prática.

Então, para começar, vamos ao desafio nº 1 –

Qual livro estou lendo no momento?

DSC02992

DSC02990

Sinopse: Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso.
Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O nome do vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano – os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.
Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade.
Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade – notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.
Nesta provocante narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.

Encontrei esse livro em minhas andanças pela net, quando procurava por livros na oferta. Eu achei o título interessante e busquei opiniões de outros leitores para ver que nota davam à obra. Como ele tem uma média alta de aprovação, coloquei-o na minha listinha de compras e, por fim, comecei a ler esse livrinho com apenas 656 páginas. 😀 É livro para o mês de Abril inteiro.

E aproveitando a oportunidade, já quero dizer que essa semana que passou, eu adicionei em minha estante de desejados do Skoob o irmãozinho dele, ou seja, o 2º da série A Crônica do Matador do Rei, O temor do sábio (clique para ler a sinopse).

O TEMOR DO SABIO

Tomara que eu ❤ o primeiro para eu realmente me animar a comprar o segundo, que também tem uma ótima aceitação por parte dos leitores e tem nada mais, nada menos que 960 páginas. 😮 Torçam aí!

Amanhã tem mais desafio.

Abraços!

Assinatura blog.fw

Publicado em Desafio, Leitura, Literatura, Livros, Metas, Opinião

Desafio literário: dois livros por mês – Março

Saudações a todos, meus amados leitores!

Março, enfim, está terminando. Acho esse mês looongo e sempre muito chuvoso, coisa que não curto muito, apesar de ser aconchegante para ficarmos em companhia de bons filmes e leituras agradáveis. E foi justamente isso que fiz bastante: eu li. Consegui até superar a minha meta do desafio literário nº 1. Foram cinco livros, dos quais somente um deles eu ainda não havia comentado aqui, justamente o primeiro da lista.

Sem mais delongas, são eles:

UM_PERFEITO_CAVALHEIRO_1389127697B1. Um perfeito cavalheiro, de Júlia Quinn.

Comparado aos dois primeiros livros da série Os Bridgertons, Um perfeito cavaleiro não encheu muito meus olhos nem aguçou minhas fantasias. Apesar do seu início a la Cinderela, o que deu um charme especial para a introdução da história, eu não curti Benedict. Sua trajetória na narrativa contradiz  o título, pois ele não é tão cavalheiro e, portanto, tão pouco é perfeito em suas atitudes para com a jovem Sophie, uma moça de vida triste, que por sua delicadeza merecia ser amada plenamente, e não se tornar uma amante de alguém, como Benedict tantas vezes insistiu para que ela fosse dele. Na época, como não era permitido que serviçais se casassem com nobres, cabia a Benedict abrir mão desse relacionamento e deixar que Sophie seguisse a vida dela, justamente porque ele dizia amá-la. Depois tudo se acertaria no coração deles tranquilamente… Leia a sinopse. –>

LIGEIRAMENTE_CASADOS_1409953442B

2. Ligeiramente casados, de Mary Balogh.

…Confesso que adoro histórias de amor, principalmente essas cujo contexto situa-se bem no passado, quando havia essa coisa de cortejar a dama, do romantismo, do respeito, do sentimento de amor sendo descoberto aos pouquinhos. Ligeiramente casados (título feio para uma narrativa tão graciosa) é um livro que me proporcionou esse prazer… Leia na íntegra. –>

QUEM__VOCEN_ALASCA_1447003880141267SK1447003880B

3. Quem é você, Alasca?, de John Green.

… essa semana que passou resolvi ler Quem é você, Alasca?, do mesmo autor, como uma espécie de preparação para a leitura do primeiro. Além de ter sido lançado antes, Quem é você, Alasca? deu-me uma noção do estilo de John Green para que eu não criasse essa ideia por meio de um livro de tão grande sucesso quanto foi A culpa é das estrelas e me decepcionasse depois com outras obras do autor, caso essa me arrebatasse como fez com tantos leitores por esse mundão afora… Leia na íntegra. –>

O_LADO_FEIO_DO_AMOR__1436538322515134SK1436538322B

4. O lado feio do amor, de Colleen Hoover.

…Quando eu escolhi O lado feio do amor como um dos meus desejados da semana – 07 de março -, lembro que a capa do livro foi uma das coisas que mais me chamou a atenção junto ao título. Nem imaginei que relação haveria com a história, assim como durante boa parte da leitura também não. Só sabia que um homem se recusava terminantemente a viver o amor em sua vida de novo. Assim fui lendo O lado feio do amor sem dar pausa porque eu fiquei ansiosa para saber por qual motivo alguém se recusaria amar e ser amado estando esse sentimento bem à sua porta, batendo incessantemente… Leia na íntegra. –>

DEPOIS_DE_VOCE_1450191275541816SK1450191275B

5. Depois de você, de Jojo Moyes.

…Comecei o livro no dia em que estava completando quatorze anos que meu pai partiu. Por isto, durante a leitura que abordou a questão da morte, do luto e da superação, fiquei me lembrando dos meus sentimentos naquela época triste da minha vida e me solidarizei com todas as personagens da história que vivenciavam alguma perda. Até mesmo com Lily que aparece na porta da casa de Lou falando que é filha de Will… Leia na íntegra –>

E eis os cinco contemplados de Março. Iniciei a leitura de Ligeiramente maliciosos, de Mary Balogh, antes de findar o mês, mas ainda não passei do capítulo 5, então ele fica para a meta de Abril. 🙂

Um forte abraço e tudo de bom!

Assinatura blog.fw