Opinião: Baía da esperança, de Jojo Moyes

Leitores lindinhos,

Estava observando meus livros esses dias e me dei conta de que tomei a Jojo Moyes como uma de minhas escritoras preferidas, junto a Marian Keyes, já que os títulos dela estão tomando um bom espaço nas minhas prateleiras.

Jojo

Inclusive, no meu ultimo aniversário, ganhei mais um livro da autora, o Baía da esperança.

Resultado de imagem para baia da esperança

Sinopse: Seis anos depois de ter saído da Inglaterra, a melancólica e reservada Liza McCullen é a responsável por um barco de observação de baleias e golfinhos em Silver Bay, na Austrália, onde também administra com a tia, Kathleen, o Hotel Baía da Esperança, que já viu dias melhores. Hospedado no hotel de Liza, Mike Dormer está lá a negócios: depende dele o pontapé inicial do projeto de um resort de luxo. Enquanto sua noiva, em Londres, finaliza os planos do casamento, Mike tem de conseguir a licença para a construção do empreendimento, algo que terá profundo impacto na fauna de Silver Bay e consequências drásticas para a vida dos moradores, inclusive a de Liza, que guarda um grande segredo e correrá perigo caso precise se mudar dali. Quando o mundo de Mike e Liza colidem de forma irremediável, eles precisam encarar os próprios medos para salvar o que amam. Com personagens cativantes em um cenário encantador, Baía da Esperança é um romance comovente e irresistível, repleto do humor e da generosidade que marcam as obras de Jojo Moyes.

Então, é assim…

Sobre a história, já li outras de Jojo mais arrebatadoras, como, por exemplo, A garota que você deixou para trás e Um mais um. Deste, inclusive, já falei aqui no blog. No entanto, Baía da esperança guarda em sua narrativa uma delicadeza nas relações entre as personagens que é contagiante, e acredito que foi isso que me prendeu ao livro. Acontecem coisas ruins e tristes na história de Liza e sua família, é claro, mas, como o próprio nome do livro refere-se, a esperança de que dias felizes virão faz com que os acontecimentos narrados sejam todos reflexo do que vivemos no nosso próprio dia a dia, ou seja, as coisas vão tomando os seus lugares aos poucos e sem muito auê. É, portanto, um livro que nos leva mais a uma viagem tranquila do que a emoções eletrizantes que nos fisgam a todo momento, quando lemos A HISTÓRIA. 😀

Por isso, colegas, se vocês não curtem narrativas mais calminhas, não se hospedem nesse hotel, porque o Baía da esperança não é cinco estrelas. Está mais para uma pensão simplória que resiste ao tempo, tentando manter o seu charme e aconchego. Para os que não se importam com a falta de luxo, é uma boa pedida para relaxar a mente e repensar a vida antes de dormir, afinal uma boa noite de sono também é muito importante para a nossa saúde, concordam? rsrsrs

Beijocas!

Assinatura blog.fw

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s