Publicado em Diversão, Humor, Leitura, Livros, Relax

Nossos direitos como leitores!

Estimados leitores!

Meu post de hoje vem inspirado nas minhas aulas de literatura da semana. Estou trabalhando com meus alunos “direitos dos leitores”, porque nós temos direitos também, não é mesmo? Além de levá-los a construírem seu próprios direitos por meio de conversas a respeito do tema, apresento a eles os Dez direitos do leitor, por Daniel Pennac, escritor francês, ganhador do prêmio Renaudot por Diário da Escola, livro que, diga-se de passagem, quero muito ler.

Curto demais essa “brincadeira”!

Direitos

Por quê?

Direito 1. Porque sempre defendo que a leitura não deve ser obrigatória, quando se trata de lazer. Ela tem de ser um ato prazeroso, espontâneo, que vamos descobrindo aos poucos. Mas há outros prazeres também. Ver um filme, assistir a uma peça teatral ou a um show, tomar um sorvete passeando na praça em um dia de sol…

Direito 2. Porque às vezes a leitura está chata, ou estamos doidos para saber logo o final da história e o(a) narrador(a) encheu muita linguiça, ou porque estamos procurando nossos poemas favoritos ou lendo uma crônica ou outra…

Direito 3. Porque tem livro que não “cola” na gente nem a gente nele, aí não dá. O melhor é deixá-lo um pouquinho de lado até o dia em que ele pode vir a se encaixar direitinho em nós.

Direito 4. Porque, se vemos um filme várias vezes, por que não poderíamos reler um livro tantas vezes quanto sentirmos vontade? Cada leitura são novas descobertas e novas emoções.

Direito 5. Porque não vale de jeito algum essa coisa de “preconceito literário”. Cada um lê o que tem vontade de ler, que o agrada e o faz feliz.

Direito 6. Porque o grande barato de ler um livro é entrar na história e viver o que ali está sendo contado, fugindo dessa nossa realidade estressante. Além de nos distrair, relaxa e pode até curar algumas dores da alma, como a solidão, a ansiedade e a angústia.

Direito 7. Porque só quem gosta de ler de verdade entende que, se pudéssemos, não largaríamos nossos livros para nada. rsrsrsrsrs

Direito 8. Porque acontece de estarmos à procura apenas de algumas palavras que farão a diferença em determinado momento de nossas vidas.

Direito 9. Porque assim a história entra mais gostosa em nossa mente. Eu adoro, quando estou sozinha, ler em voz alta.

Direito 10. Porque, vamos falar a verdade, às vezes a história é tão marcante que não temos nem palavras para contar o que lemos. Parece que ela fica paradinha aqui no peito, igual a aqueles nós na garganta que dão quando estamos com quem amamos.

E ainda acrescento mais um:

Direito 11. Virar a noite lendo aquela história que arrebatou minha atenção, não conseguindo deixá-la para depois. 😀

E vocês? Apagariam alguns dos direitos escritos por Pennac? E qual ou quais acrescentariam?

E, oh, façam valer sempre os seus direitos como leitores, ok?!

Abraços literários para todos!

Assinatura blog.fw

Anúncios

9 comentários em “Nossos direitos como leitores!

    1. Cada tipo de leitura tem seu propósito, não é, Alessandra? Adoro os tais “romances de mulherzinha” (chick lit), porque me divirto muito. Isto não significa que só leio esse estilo. O que me interessar e cair na minha mão está no papo. rsrsrs. Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

    1. Você acredita, Carol, que até hoje só abandonei, de fato, a leitura de um único livro? Eu tenho mania de insistir, porque uma vez quase deixo de conhecer uma história que me arrebatou, porque os primeiros capítulos estavam entediantes. rsrsrs

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s