Publicado em Desejados, Leitura, Literatura, Livros, Metas, Sinopse

Mais livros desejados…

Meus estimados leitores,

Depois de um dia de descanso, preguicinha e um bocado de frio, estou passando por aqui para fazer um post que há um tempo não faço: livros que entraram para a lista de desejados.

Então, os escolhidos da vez são:

1. A vida invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha – Editora Cia das Letras.

A Vida Invisível De Eurídice Gusmão

Sinopse: Guida Gus mão desaparece da casa dos pais sem deixar notícias, enquanto sua irmã Eurídice se torna uma dona de casa exemplar. Mas nenhuma das duas parece muito feliz nas suas escolhas.A realidade das Gusmão é parecida com a de inúmeras mulheres nascidas no Rio de Janeiro nos anos 1920 e criadas para serem boas esposas. São as nossas mães, avós, bisavós; invisíveis em maior ou menor grau, que não puderam protagonizar as próprias vidas, mas que agora são as personagens principais do primeiro romance de Martha Batalha. Uma promessa da ficção brasileira que chega afiadíssima para contar uma infinidade de histórias bem costuradas e impossíveis de largar.

2.  A outra história, de Tatiana de Rosnay – Editora Intrínseca.

A outra história

Sinopse: Ágil, repleto de camadas e belamente escrito, A outra história é uma reflexão sobre identidade, o processo de ser escritor e a glória e o preço da fama, um retrato de como as decisões de antigas gerações ecoam no presente e moldam o futuro. Aos vinte e quatro anos, Nicolas Duhamel se depara com um segredo de família perturbador mantido a sete chaves por muitos anos. Perplexo, embarca para São Petersburgo em uma jornada em busca da verdade. Porém, as respostas não surgirão tão facilmente. Os mistérios de sua origem familiar o levam a escrever seu primeiro romance, O envelope, e a assiná-lo como Nicolas Kolt. Após três anos do inesperado e estrondoso sucesso mundial do livro, Nicolas é um escritor vaidoso, com muitos fãs, um autor obcecado pela fama e pelas redes sociais a ponto de deixar de lado a família e os amigos. Tanta aclamação, no entanto, tem seu preço, e todos perguntam sobre o novo livro. Mas Nicolas não é capaz de escrever sequer uma linha e não suporta mais mentir. Desejando se afastar de tudo para encontrar uma nova inspiração, ele viaja para a Itália com sua namorada Malvina e se hospeda em um luxuoso hotel na costa da Toscana. Durante o fim de semana em que espera paz e tranquilidade para compor a outra história, Nicolas Kolt se vê diante de perigos e segredos que podem colocar seu futuro em jogo.

3. Flores, de Afonso Cruz – Editora Companhia das Letras.

Flores

Sinopse: Um homem sofre muito com as notícias que lê nos jornais, com todas as tragédias humanas a que assiste. Um dia depara-se com o fato de não se lembrar do seu primeiro beijo, dos jogos de bola nas ruas da aldeia ou de ver uma mulher nua. Outro homem, seu vizinho, passa bem com as desgraças do mundo, mas perde a cabeça quando vê um chapéu pousado no lugar errado. Contudo, talvez por se lembrar bem da magia do primeiro beijo e constatar o quanto a sua vida se afastou dela , o homem decide ajudar o vizinho a recuperar todas as recordações perdidas. Em seu livro mais recente, o português Afonso Cruz apresenta uma bela reflexão sobre o amor e a memória.

4. Alucinadamente feliz, de Jenny Lawson – Editora Intrínseca.

Alucinadamente feliz

Sinopse: Jenny Lawson está longe de ser uma pessoa comum. Ela mesma se considera colecionadora de transtornos mentais, já que é uma depressiva altamente funcional com transtorno de ansiedade grave, depressão clínica moderada, distúrbio de automutilação brando, transtorno de personalidade esquiva e um ocasional transtorno de despersonalização, além de tricotilomania (que é a compulsão de arrancar os cabelos). Por essa perspectiva, sua vida pode parecer um fardo insustentável. Mas não é. Após receber a notícia da morte prematura de mais um amigo, Jenny decide não se deixar levar pela depressão e revidar com intensidade, lutando para ser alucinadamente feliz. Mesmo ciente de que às vezes pode acabar uma semana inteira sem energia para levantar da cama, ela resolve que criará para si o maior número possível de experiências hilárias e ridículas a fim de encontrar o caminho de volta à sanidade. É por meio das situações mais inusitadas que a autora consegue encarar seus transtornos de forma direta e franca, levando o leitor a refletir sobre como a sociedade lida com os distúrbios mentais e aqueles que sofrem deles, sem nunca perder o senso de humor. Jenny parte do princípio de que ninguém deveria ter vergonha de assumir uma crise de ansiedade, ninguém deveria menosprezar o sofrimento alheio por ele ser psicológico, e não físico. Ao contrário, é justamente por abraçar esse lado mais sombrio da vida que se torna possível experimentar, com igual intensidade, não só a dor, mas a alegria.

5. A amante do oficial, de Pam Jenoff – Editora Harper Collins Brasil

A Amante do Oficial

Sinopse: Aos dezenove anos e casada havia apenas três semanas, a vida e a fé de Emma Bau são colocadas em risco quando a Polônia é invadida pelos tanques alemães. Em poucos dias, Jacob, seu marido, é obrigado a cair na clandestinidade para trabalhar com a Resistência, deixando Emma prisioneira do decrépito e abandonado gueto de Cracóvia. Mas na calada da noite, ela é misteriosamente resgatada e levada para morar com Krysia, dama da alta sociedade e também a tia católica de Jacob. Ao assumir uma nova identidade como Anna Lipowski, uma gentílica, a vida de Emma passa por uma nova reviravolta ao ser apresentada ao comandante nazista Georg Richwalder. Oficial alemão e maior autoridade na cidade, Richwalder resolve contratar Anna para trabalhar como sua assistente particular. Impelida pela Resistência, ela não tem alternativa, e passa a espionar planos secretos da Ocupação de dentro do gabinete, colocando em risco sua segurança e também seu casamento. À medida que as atrocidades da Guerra se intensificam, a relação entre Anna e o Comandante se torna mais próxima, chegando ao ponto de ameaçar sua vida e também a de todas as pessoas a quem ela ama.
Tendo como cenário a Segunda Guerra, um período histórico em que lealdades eram testadas a todo o momento, e sobre as pessoas pairava a suspeita de traição, “A Amante do Oficial” se posiciona como um romance de estreia no qual Pam Jenoff leva às últimas consequências o poder da perseverança, da luta e da confiança em face de desafios que se tornam mais perigosos a cada piscar de olhos.

Aí estão os títulos que me chamaram a atenção em minhas pesquisas de hoje.

Pensando bem, preciso ganhar depressa na loteria. 😀 rsrsrsrsrs

Abração, people!

 

Assinatura blog.fw

Anúncios

2 comentários em “Mais livros desejados…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s