Opinião: Ligeiramente casados, de Mary Balogh

Meus leitores e minhas leitoras, olá a todos!

Devorei no último final de semana um romance de época, que eu nem esperava tanto dele assim, e hoje resolvi opinar sobre o tal enquanto sua leitura ainda está fresquinha aqui na memória. 🙂

LIGEIRAMENTE_CASADOS_1409953442B

Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse “Custe o que custar!”. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela… a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias. Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar. Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados…
Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página.

Confesso que adoro histórias de amor, principalmente essas cujo contexto situa-se bem no passado, quando havia essa coisa de cortejar a dama, do romantismo, do respeito, do sentimento de amor sendo descoberto aos pouquinhos. Ligeiramente casados (título feio para uma narrativa tão graciosa) é um livro que me proporcionou esse prazer. Ele me foi emprestado há algum tempo e não dei muita confiança (talvez até por ter um nome não tão sugestivo), mas resolvi lê-lo, finalmente, depois de ter me dado um clique no desejo quando reli a sinopse ao organizar meus livros da pilha de “próximas leituras”.

Ele conta a história de Eve Morris e Aidan Bedwyn que se casam por conveniência e com o tempo acabam se apaixonando. Isso acontece porque o único irmão de Eve, Percival, morre na guerra. Ainda à beira da morte, Percy pede ao coronel Bedwyn que comunique o seu falecimento à sua irmã e cuide dela “custe o que custar”. Como Aidan tinha uma dívida de gratidão por Percy – este salvou a vida do coronel em uma batalha anterior – ele promete que assim o fará e, fiel a essa promessa feita, acaba se casando com Eve às pressas para que ela não perca sua propriedade, o Solar Ringwood, para o interesseiro e desonesto primo Cecil Morris. O que não contavam é que teriam que dar satisfação à sociedade londrina do casamento deles, o que mudaria consideravelmente o rumo de suas vidas.

No meio dessa história toda, há outras personagens que dão à narrativa a dinâmica para que ela prenda o nosso interesse, como a tia Mari, as crianças adotivas de Eve, Davy e Becky, e o duque de Bewcastle, irmão de Aidan, responsável pela mudança nos planos do coronel Bedwyn e da srta. Morris.

Então, para relaxar e se divertir, Ligeiramente casados está Aprovado.fw

Como este livro faz parte de uma série como Os Bridgertons, já tenho em mãos o segundo da série Os Bedwyns, Ligeiramente maliciosos,  que lerei em breve e deixarei aqui no blog a minha opinião para ele também. Expectativas para ver se vale a pena a leitura tanto quanto valeu o primeiro, pois o título… rsrsrs

Até a próxima, então!

Assinatura blog.fw

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: