Publicado em Dicas, Diversão, Leitura, Livros, Metas, Opinião

Há alguma fórmula para se gostar de ler?

Meus queridos leitores,

Dias atrás dei aqui umas dicas sobre como podemos criar o hábito de ler. No entanto, não me aprofundei na questão da leitura por prazer justamente por achar que são duas coisas distintas, ainda que estejam bem relacionadas uma à outra. Hoje, então, vou falar sobre o gosto pela leitura que tantos têm por aí. Ser um leitor assíduo e apaixonado não é um dom com o qual nascemos. Também sinto em dizer que não há uma fórmula mágica para levar alguém, de uma hora para outra, a gostar de ler a ponto de a leitura se tornar parte imprescindível na vida da pessoa. Mas sabe de uma coisa? Podemos dar, sim, algumas sugestões para se encontrar um caminho que a leve a isso. Aqui vou sugerir algumas ações baseadas na minha vivência como leitora que deram e dão certo para mim e espero que possam funcionar de alguma forma para quem tem esse desejo de fazer da leitura um hábito delicioso no seu dia a dia.

1ª pergunta: Qual é o gênero que mais me agrada?

Quando vamos escolher um filme para ver e nos entreter, geralmente buscamos aqueles cujo gênero nos agrada mais: terror, suspense, comédia, policial, ação, aventura, drama, comédia romântica, animação, cult etc. Para os livros devemos fazer o mesmo. O mercado literário está recheado de obras de todos os tipos e para todos os gostos e por isso não há desculpa de que “não encontro algo que me agrade, então não vou ler”. Defina um gênero que seja de sua preferência e pesquise o que está à sua disposição para leitura.

2ª pergunta: Onde e como devo pesquisar quais livros posso ler de acordo com o meu gosto?

Antes de a internet assumir de vez seu papel “multitarefador” na vida de todos nós, tínhamos apenas as bibliotecas e algumas livrarias para chegarmos aos livros. Hoje, a internet nos oferece todas as informações possíveis sobre o universo dos livros e da leitura. Por meio dela faço uma busca de obras que abordam o meu gênero preferido, leio suas sinopses e/ou resenhas, vejo até vídeos em que outros leitores comentam sobre alguma história que leram, tudo isso artifícios que podem me auxiliar na escolha do que eu quero ler. Vejam bem: escolha do que EU QUERO ler. Não é porque um livro está sendo aclamado pela crítica ou porque todos os meus amigos e colegas estão lendo, que eu preciso necessariamente lê-lo também. Não, não. É preciso respeitar nosso gosto literário para que a leitura seja prazerosa e não uma obrigação, mesmo que por puro entretenimento. Vou dar um exemplo que pode ser bobo, mas cai bem aqui. Até hoje não li “A culpa é das estrelas” porque na época em que se tornou o boom do mundo literário, eu estava passando por um momento de fragilidade emocional que ler obras assim não me davam prazer algum. Ele está, inclusive, na minha pilha de livros para leitura, e acredito que o lerei em breve.

3ª pergunta: Comecei a ler um livro e estou achando-o muito chato. Troco o livro ou desisto da leitura?

Nossa! Quantas vezes isso já aconteceu comigo, a ponto de eu pensar em desistir do livro. Só que eu sou uma pessoa bastante persistente nesse ponto, sempre dou uma segunda chance para a leitura que está me entediando a princípio. No final das contas, ou eu venço a leitura ou a leitura me vence. No entanto, fica a 1ª dica: se a pessoa ainda não é um aficionado pelos livros, não deve forçar a barra para ler algo que não está realmente o agradando, do contrário pode pensar que ler não é tão legal assim. Aí, deixo a 2ª dica: muitas histórias começam morninhas, com cara de chatas, mas de repente elas nos prendem e, se bobear, viramos até a noite lendo-as para sabermos o final, por isto não podemos desistir da leitura, se bater o desânimo, principalmente se o caso for só preguiça de ler. Pode ser que nos surpreendamos com uma história para a qual não dávamos nada, e ela passe a ser o livro da nossa vida.

4ª pergunta: E como faço para levar adiante essa vida de leitor(a)?

Investindo em outros livros e diferentes leituras. Vai por mim, ler um único tipo de livro por muito tempo cansa. Além disso é sempre bom alçar novos voos. Quando estiver familiarizado com a leitura, que estiver gostando dessa vida de leitor, dê oportunidade à temas diferentes daquele que você curte. Essa mudança vai levá-lo a descobertas, as quais, tenho certeza, agradarão muito a sua nova faceta. Se gosta de terror, por exemplo, mude para policial, depois para um drama e assim por diante, até se sentir à vontade para ler todos os tipos de literatura disponíveis sem ter isso como um fardo.

5ª e última pergunta: Agora que sou um leitor apaixonado e voraz, como canalizar isso?

Para quem pensa que não há pessoas viciadas em livros a ponto de deixar de fazer suas tarefas do dia a dia normalmente ou de dormir à noite o sono dos justos porque quer ler só mais um capítulo e mais um capítulo e por aí vai, está redondamente enganado. Por mais que a leitura faça um bem enorme para a nossa saúde física e mental, para ler também há limites. A leitura deve ser feita prazerosamente, devagar, deve-se degustar o texto com olhos observadores, pois as histórias, sejam em prosa ou em versos, guardam segredos e lições que, se lidas às pressas, perdem-se no meio do caminho. Então, podemos levar em consideração as dicas dadas no post sobre hábitos de leitura, e separar um tempo para a leitura na hora do descanso, pois, se ler relaxa, nada melhor do que fazê-lo em um momento destinado à isso. Eu, particularmente, gosto também de, sempre que termino de ler um livro, fazer uma pausa de um ou dois dias para “ele se acomodar bem em mim” antes de iniciar a leitura de outro. E só mais uma dica: quando já estiver lendo vários tipos de livros, reveze as leituras – leia um romance, depois um suspense…- assim seu universo amplia e você não fica saturado com um mesmo assunto.

Desejo, de coração, que minhas sugestões sirvam para que muitas pessoas neste mundão de Deus tornem-se leitoras apaixonas e assíduas, pois, como dizem os mineiros, ler é mesmo bom demais, sô!

Um beijo e um pedaço de queijo! 🙂

Assinatura blog.fw

Anúncios

Um comentário em “Há alguma fórmula para se gostar de ler?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s